Quer saber qual é o segredo de uma boa redação?  
redacao sobre crise economica no brasil 00

Praticar Redação Sobre Crise Econômica no Brasil é uma necessidade atualmente.

Você já percebeu que, pelo “andar da carruagem”, mais cedo ou mais tarde vão cobrar esse tema em algum exame que você faça.

Então, pensando nisso, eu trouxe aqui quatro modelos para que você se inspire neles e produza uma super redação.

Você vai encontrar, no final, links de alguns sites que usei para fazer a minha pesquisa; eles poderão ser úteis para a sua também, caso você queira se aprofundar no assunto.

Boa leitura!

Redação sobre crise econômica no Brasil 1:

redacao sobre crise economica no brasil 01

A retomada do crescimento

O Brasil está vivendo uma crise financeira sem precedentes na história, ocasionada por instabilidades econômicas e escândalos de corrupção. Isso provocou a queda do PIB, aumento da taxa de desemprego, inflação alta, diminuição do rendimento das famílias e consequentemente deixou muita gente com dificuldades financeiras. Apesar da crise e dos desvios de verbas públicas, o país tem potencial para reverter a sua atual situação econômica.

O PIB brasileiro, mesmo não sendo bem aproveitado na distribuição de renda, é o sétimo maior do mundo e já mostrou perspectivas de recuperação neste ano, com uma projeção de 1% de crescimento. Embora seja um avanço pequeno, ao menos a projeção é melhor do que o desempenho dos anos anteriores, nos quais houve queda. Além dessa expectativa, houve a adoção de medidas feita pelo atual presidente para conter os gastos públicos, como alguns cortes nos custos do Governo e discussão da reforma da Previdência Social.

Ademais a corrupção, que atrasa o desenvolvimento da nação com desvios de verbas que poderiam ser usadas para o desenvolvimento do país e em projetos sociais, já começou a ser combatida de forma efetiva apesar da passividade do povo em protestar contra ela. As primeiras ações perpetradas pelo poder público em função disso foram a criação da Lei da Ficha Limpa, as condenações de políticos e empresários na Operação Lava Jato e a votação do projeto de lei que visa a transformar a corrupção em crime hediondo.

Como se vê, apesar da crise econômica e da corrupção, o Brasil tem plenas condições de se recuperar financeiramente pelo seu potencial e pelas medidas adotadas. E, para acelerar esse processo, outras ações seriam proveitosas, como investir um percentual do PIB maior do que o atual em infraestrutura para que a modernização do país atraia investimentos de capitais estrangeiros; no tocante à corrupção, o povo deveria participar mais de manifestações contra essa prática tal como ocorre em outros países.

FIQUE ATUALIZADO!
Coloque seu e-mail abaixo para receber gratuitamente nossas atualizações
 

→ Você acabou de ler um modelo de redação simples feita em poucos minutos. Quer descobrir como aplicar essa técnica? Leia este artigo aqui!

Redação sobre crise econômica no Brasil 2:

redacao sobre crise economica no brasil 02

Um mal silencioso e invisível

Quando, em uma madrugada do ano de 1986, a usina nuclear Chernobyl explodiu em uma cidadezinha da Ucrânia, a maior parte dos moradores nem teve conhecimento do ocorrido. Em consequência, teve complicações de saúde por anos, pois, até que a cidade fosse evacuada pelas autoridades, recebera muita radiação atômica. De forma análoga, a recessão econômica que atinge o Brasil, por um longo tempo, trará consequências profundas e ignoradas pela maioria da população, que vão muito além das dificuldades financeiras momentâneas.

Leia também:
O Que é Tipologia Textual? Saiba Exatamente Tudo neste Artigo!

Como se sabe, a primeira coisa que a crise afetou foi a renda do brasileiro. Com uma desocupação crescente que já passa dos 12 milhões de desempregados, a renda das famílias caiu cerca de 6% nos últimos dois anos. Diante de uma situação assim, a tendência maior é que a população pare de investir em educação e no seu autodesenvolvimento, diminuindo gradativamente a sua qualificação no mercado; uma prova disso é que mais de 14% das famílias já trocaram a escola dos filhos de particular para pública desde o início da crise.

Com a perda gradual do seu capital humano, o país vai perdendo competitividade no mercado internacional e vai limitando ainda mais as suas chances de se recuperar, pois perdas desse gênero são de árdua e lenta reparação, uma vez que nem todos, em uma sociedade que não teve oportunidades, têm determinação para se qualificar já com uma idade mais avançada. Os números mostram uma relação direta entre a quantidade de horas aplicadas em estudo por pessoa e o desenvolvimento do país.

Em face disso, além da escassez material no Brasil, a crise provoca despercebidamente a deterioração paulatina da oportunidade de crescimento pessoal e profissional da população, com graves consequências para o desenvolvimento futuro do país. Para que a situação não chegue a esse patamar, uma possível saída seria o Governo estimular o emprego por meio do empreendedorismo do chamado cidadão comum, desburocratizando o processo de abertura de empresas para que todos tenham facilidade de ter o seu próprio negócio e façam, dessa forma, girar a economia.

→ Essa redação foi feita com o método de argumentação causa e consequência. Quer saber em detalhes como usar esse método? Clique aqui!

Redação sobre crise econômica no Brasil 3:

redacao sobre crise economica no brasil 03

De olhos vendados para o futuro

Henry Ford disse que, na maior parte das vezes, economia não tem relação com o total de dinheiro gasto, mas com a sabedoria empregada para gastá-lo. Na atual situação financeira do Brasil, cujo PIB é negativo, percebe-se que a atual administração não aprendeu com a expertise de Governos anteriores, os quais, mesmo gastando muito, elevaram a nação à condição de potência econômica no cenário internacional. O ensinamento deixado, e não seguido, foi de que a recuperação econômica estava no investir em produção industrial e infraestrutura.

Juscelino Kubitschek, por exemplo, nos anos 50, conseguiu a proeza de elevar o PIB da época em 8% com uma política chamada desenvolvimentista, com foco no desenvolvimento da indústria de base e no consumo de bens duráveis e não duráveis. A economia atual é muito dependente da exportação de mercadorias, principalmente commodities minerais e agrícolas, ficando sempre à mercê da situação financeira dos compradores. De igual modo, a barreira feita hoje a produtos importados não estimula a indústria a ser produtiva.

Também o Governo Médici, na época da Ditadura Militar, alcançou o maior índice de crescimento econômico do país com 10% de elevação do PIB. Sua contribuição para o crescimento da infraestrutura foi muito grande, com a construção das usinas de Itaipu e Angra 1. O Brasil hoje investe menos de 3% do PIB em crescimento, valor muito abaixo de outros países emergentes. Além disso, até as obras prometidas para a Copa do Mundo de futebol ainda não foram entregues em sua totalidade.

Dessa forma, é possível perceber que o caminho para a retomada do crescimento econômico brasileiro é o investimento na indústria e em infraestrutura. Assim, a melhor maneira de desenvolver a primeira é facilitar a entrada de produtos importados no mercado para estimulá-la a ser competitiva, assim como a melhor maneira de ampliar a segunda é aumentar a concessão, à iniciativa privada, de obras que modernizem o país, como portos, aeroportos, rodovias, telecomunicações, ferrovias entre outras.

Leia também:
Como Fazer Uma Redação Dissertativo-argumentativa Eficiente em Poucos Minutos

→ Essa redação foi feita com o método de argumentação tempo e espaço. Quer saber em detalhes como usar esse método? Clique aqui!

Redação sobre crise econômica no Brasil 4:

redacao sobre crise economica no brasil 04

História econômica do Brasil: do apogeu à queda

Olhar o mapa do Brasil traz à mente uma nação vencedora, que carregou o status de país em desenvolvimento, mas que hoje infelizmente está economicamente nos estertores. A situação financeira pela qual passa já se transformou em recessão e é a pior crise econômica da história; com desemprego recorde, estima-se que, neste ano, um em cada três desempregados no mundo seja brasileiro. Com um quadro tão difícil, agravado pela ação parasitária da corrupção endêmica da qual padece, teria o país chance de recuperação?

A dificuldade começa pela situação do PIB brasileiro, cujas quedas sucessivas levaram os especialistas a decretar a situação de recessão. A projeção de aumento de 1% para este ano está longe de reparar a perda de 7% dos dois últimos. A tentativa de reanimação da economia passa pela necessidade de estimular o aumento da oferta de empregos; para que isso aconteça, é necessário reduzir a taxa básica de juros da SELIC e dar incentivos fiscais a empresas estrangeiras que queiram instalar as suas operações no país.

Mas o país ainda enfrenta outra adversidade, que é ter a sua energia minada pela corrupção de pessoas do alto escalão do Governo. Atitudes como essa impedem qualquer país de se desenvolver. Para se ter uma ideia, os R$ 21 bilhões desviados da Petrobrás, apurados pela Operação Lava Jato, dariam para pagar o benefício Bolsa Família a quase 120 milhões de brasileiros. O país jamais sairá da situação adversa em que se encontra se: não retirar a condição de foro privilegiado de que desfrutam esses políticos para que possam ser julgados pela justiça comum; se não criar um ministério para combater a corrupção com o objetivo de fazer auditorias mais profundas nas contas públicas.

Com base em tudo o que foi discutido, embora o país esteja com a vida financeira em perigo, fragilizada pela queda do PIB e desvios de verbas públicas, se as medidas necessárias forem adotadas, ele pode ganhar uma sobrevida e voltar a usufruir dos méritos que um dia conquistou, mas que agora permanecem apenas nas lembranças.

→ Para saber como fazer redações incríveis como essas, clique neste link aqui.

Caso você queira que eu desenvolva redações para outros assuntos, deixe como sugestão aqui em baixo nos comentários.

E se você acha que esses modelos de redação sobre crise econômica brasileira foram úteis para você, compartilhe nas redes sociais, pode ser que ajude outras pessoas também.

Um grande abraço e até o próximo artigo!

Referências

  1. CARREIRO, Marcos Nunes. Sim, esta é a pior crise econômica da história do Brasil. Saiba o por quê. Disponível em: <http://www.jornalopcao.com.br/reportagens/sim-esta-e-pior-crise-economica-da-historia-do-brasil-saiba-o-por-que-66036/>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  2. GARCIA, Giselle. Entenda a crise econômica. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-05/entenda-crise-economica>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  3. MADE FOR MINDS. O que levou o Brasil à atual crise econômica? Disponível em: <http://www.dw.com/pt-br/o-que-levou-o-brasil-%C3%A0-atual-crise-econ%C3%B4mica/a-19093146>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  4. MENDONÇA, Heloísa. Mudança brusca fez atual crise brasileira se transformar na ‘pior do século’. Disponível em: <http://brasil.elpais.com/brasil/2016/02/16/economia/1455636966_063602.html>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  5. NASCIMENTO, Bárbara. Brasil investe, em média, só 2,18% do PIB em infraestrutura, diz CNI. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/economia/infraestrutura/brasil-investe-em-media-so-218-do-pib-em-infraestrutura-diz-cni-19736777>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  6. OLIVEIRA, Graziele; CORONATO, Marcos. Como o Brasil entrou, sozinho, na pior crise da história. Disponível em: <http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2016/04/como-o-brasil-entrou-sozinho-na-pior-crise-da-historia.html>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  7. PORTAL DO PLANALTO. Potencial de crescimento avança no governo Temer. Disponível em: <http://www2.planalto.gov.br/acompanhe-planalto/noticias/2016/11/potencial-de-crescimento-avanca-no-governo-temer>. Acesso em: 17 fev. 2017.
  8. WIKIPÉDIA. Crise econômica no Brasil em 2014-2017. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Crise_econ%C3%B4mica_no_Brasil_em_2014%E2%80%932017>. Acesso em: 17 fev. 2017.
Leia também:
Redação Pronta: Veja 4 Ótimos Exemplos Aqui
Você Também Vai Gostar:
Ebook Propostas de Intervenção Originais

Sobre o autor

Bacharel e licenciado em Letras, especialista em redação e profundo admirador da arte da escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe com seus amigos!

Próximo